Visto para os EUA em 6 passos simples!

postado em: Dicas, Estados Unidos, Todos os posts | 0
O famoso cartaz de James Flagg mostrando o Tio Sam convocando recrutas para a Primeira Guerra Mundial.
O famoso cartaz de James Flagg mostrando o Tio Sam convocando recrutas.

É verdade que, em tempos de dólar nas alturas, uma viagem para os EUA pode não ser lá muito atrativa. No entanto, tenho visto muitas promoções de passagens aéreas para destinos como Orlando, Miami e Nova York. Já vi tarifas de cerca de R$700 ida/volta e, com esse preço, uma viagem para lá pode ficar bem em conta.

E, para ir para os EUA, a primeira coisa que se deve fazer é pedir um visto! Processo melindroso, mas que, no fim das contas, não tem nada demais. Para tanto, você tem duas opções:

  • Contratar os serviços de uma agência que medeie o processo
  • Fazer você mesmo e economizar uma grana para gastar na viagem
Mas não se engane. Em qualquer uma das opções, terá que comparecer ao consulado para a entrevista, seja em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife ou Brasília.

Então…já que uma das ideias principais do blog é viajar barato, vou passar o passo-a-passo da alternativa “faça-você-mesmo” para tirar um visto do tipo B1/B2 (Negócios, Turismo e Tratamento Médico).

O passo-a-passo

1 – Entre no site da Embaixada Americana

2 – Preencha o formulário “DS-160” online  – É um formulário autoexplicativo em inglês, mas com tradução disponível para o português à medida que se passa o mouse sobre o texto. Nesse passo você fornece suas informações pessoais, bem como planos de viagem para os EUA, histórico de viagens para o exterior, possíveis contatos naquele país, e se tem intenções maliciosas…é, acredite, perguntam mesmo se você tem interesse em contrabandear drogas, armas ou coisas do tipo!

3 – Faça seus agendamentos – Normalmente são dois agendamentos, um para coletar digitais e tirar foto no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto), e outro para a entrevista propriamente dita. Esse último só pode ser feito em Brasília, Rio de Janeiro, Recife ou São Paulo.

Os agendamentos são feitos nas seguintes etapas:

  • Acesse o site de agendamento
  • Crie uma conta
  • Selecione o lugar onde deseja receber seus documentos
  • Pague a taxa de US$160
  • Agende seus horários

4 – Compareça ao CASV no horário marcado para coleta de digitais e tirar a foto – Leve seu passaporte atual, seu passaporte com o visto anterior (se for outro que não o atual), a página de confirmação do preenchimento do formulário DS-160 e o comprovante de pagamento da taxa do visto.

5 – Compareça ao consulado/embaixada para a entrevista – Leve os documentos listados no passo anterior, e também documentos que apoiem sua solicitação de visto. Coisas que forneçam evidências de vínculos com o Brasil, e que comprovem que não tem intenções de permanecer nos EUA ilegalmente. Por exemplo: carteira de trabalho carimbada por seu empregador atual, contracheques, declaração de imposto de renda, escrituras de imóveis, etc.

6 – Aguarde a entrega do seu passaporte com o visto – Seu passaporte fica no consulado para que nele coloquem o visto. De acordo com o site da embaixada, a entrega leva até 10 dias úteis, salvo algumas exceções. Caso necessário, verifique o status da sua solicitação por aqui.

Seu passaporte com o visto será entregue pela DHL no endereço que você quiser.
Seu passaporte com o visto será entregue pela DHL no endereço que você colocar em seu formulário (Passo 3).
Importante: se seu último visto foi aprovado com 14 anos de idade ou mais e após o dia 01/07/2014, você não precisa ir até o consulado/embaixada para a entrevista. Basta comparecer ao CASV para coletar digitais e tirar foto.
E mais: se o visto foi aprovado após 1 de janeiro de 2008 e não tem mais de 48 meses de vencimento, não precisa nem ir até o CASV para coleta de digitais. Basta agendar e comparecer ali (no CASV mesmo) para pegar os documentos.

Não tem segredo! Apesar de ser um processo trabalhoso, principalmente pela parte da entrevista, e um pouco caro (afinal, US$160 hoje -19/12/2015- são R$640), é tudo relativamente tranquilo. A entrevista não é nada demais. Se você seguir o passo-a-passo, levar documentos que ajudem na sua solicitação e for coerente com as informações que deu, vai dar tudo certo!

Curtiu? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+

Deixe uma resposta